Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog
30 avril 2009 4 30 /04 /avril /2009 04:47


Quando eu vou cantar, você não deixa
E sempre vêm a mesma queixa
Diz que eu desafino, que eu não sei cantar
Você é tão bonita, mas tua beleza também pode se enganar

Se você disser que eu desafino amor
Saiba que isto em mim provoca imensa dor
Só privilegiados têm o ouvido igual ao seu
Eu possuo apenas o que Deus me deu

Se você insiste em classificar
Meu comportamento de anti-musical
Eu mesmo mentindo devo argumentar
Que isto é Bossa Nova, isto é muito natural

O que você não sabe nem sequer pressente
É que os desafinados também têm um coração
Fotografei você na minha Rolley-Flex
Revelou-se a sua enorme ingratidão

Só não poderá falar assim do meu amor
Este é o maior que você pode encontrar
Você com a sua música esqueceu o principal
Que no peito dos desafinados
No fundo do peito bate calado
Que no peito dos desafinados também bate um coração

Quand je vais chanter, tu ne me laisses pas

Et toujours vient la même plainte

Tu dis que je joue faux, que je ne sais pas chanter

Tu es si belle, mais ta beauté aussi peut se tromper


quand tu dis que je joue mal amour

Sache que cela en moi provoque une immense douleur

Seuls les privilégiés ont une écoute égale à la tienne

Je fais à peine ce que dieu m’a donné


Si tu insistes à classifier

Mon comportement d’antimusicien

 Moi même en mentant je dois argumenter

Que cela est de la bossa nova, cela est très naturel


Ce que tu ne sais pas ni même pressens

C’est que les désaccordés ont aussi un cœur

Je t’ai photographié avec mon Rolley-Flex

Cela a révélé ton énorme ingratitude


Seulement tu ne pourras pas parler ainsi de mon amour

C’est le plus grand que tu puisses rencontrer

Avec ta musique tu as oublié le principal

Que dans la poitrine des désaccordés

Dans le fond de la poitrine ça bat silencieusement

Que dans la poitrine des désaccordés bat aussi un coeur

Partager cet article

Repost 0
Published by pascal - dans musique
commenter cet article

commentaires