Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog
17 avril 2009 5 17 /04 /avril /2009 21:15

Ah, insensatez que você fez
Coração mais sem cuidado
Fez chorar de dor o seu amor
Um amor tão delicado

Ah, por que você foi fraco assim
Assim tão desalmado
Ah, meu coração, quem nunca amou
Não merece ser amado

Vai, meu coração, ouve a razão
Usa só sinceridade
Quem semeia vento, diz a razão
Colhe sempre tempestade

Vai, meu coração, pede perdão
Perdão apaixonado
Vai, porque quem não pede perdão
Não é nunca perdoado

Ah, folie que tu as faite

Cœur sans plus d’attention

Tu as fait pleurer de douleur ton amour

Un amour si délicat


Ah, pourquoi as tu été nul ainsi

Ainsi tant sans âme

Ah, mon cœur, qui n’a jamais aimé

Ne mérite pas d’être aimé


Va, mon cœur, écoute la raison

Sois seulement sincère

Qui sème le vent, dit la raison

Récolte toujours la tempète


Va, mon cœur, demande pardon

Un pardon passionné

Va, parce que qui ne demande pas pardon

N’est jamais pardonné

Partager cet article

Repost 0
Published by pascal - dans musique
commenter cet article

commentaires